Especialista em Compliance Anticorrupção

posted in: David Rechulski na Mídia | 0

Apontado pelo Anuário Análise Advocacia 500 como um dos mais admirados do país no segmento do Direito Penal especializado,o escritório David Rechulski Advogados contará agora com a experiência do ex-ministro da Controladoria-Geral da União (CGU) Luiz Navarro,como seu novo sócio.Especialista em Compliance Anticorrupção,Navarro foi convidado a fazer parte da sociedade para atuar,entre outros, nos casos envolvendo acordos de leniência e colaborações premiadas.No entendimento dos sócios,esses se tornaram dois importantes institutos no ordenamento jurídico brasileiro atual.

O sócio David Rechulski é reconhecidamente um pioneiro na área do Criminal Compliance,atuando desde o início dos anos 2000 na estruturação de estratégias para o desenvolvimento e implementação de ações voltadas à prevenção e à gestão de crises por reflexos criminais no ambiente empresarial.Segundo Rechulski,o ingresso de um ex-ministro de Estado em um escritório de advocacia criminal é algo verdadeiramente inusitado,e assume expressiva relevância em razão do momento histórico pelo qual passa o Brasil,onde se impõe às empresas,como meio de auto preservação e até continuidade de suas operações,especial atenção ao Criminal Compliance,instrumento fundamental de prevenção não apenas à corrupção,mas a todos os ilícitos penais,tais como crimes contra o meio ambiente,ordem econômica e tributária,sistema financeiro,etc,os quais,no contexto atual,podem fulminar instantaneamente a credibilidade e a imagem corporativa de qualquer empresa,além de gerar prejuízos milionários e culminar na prisão de seus dirigentes e principais executivos.

“Creio que a ideia de oferecer serviços altamente especializados nas áreas criminal e de compliance faz todo sentido,pois são temas intimamente complementares.Vivemos atualmente em uma sociedade de risco,na qual é notório o ativismo de autoridades de regulação e de controle e defesa do Estado por meio do incremento expansionista do Direito Penal”,destaca.